Vitamina D

Oii, tudo bem com você?

Você costuma tomar banho de sol? Por quanto tempo você fica exposto aos raios solares?

Sabemos que o excesso de exposição solar pode causar doenças na pele. Isso porque os raios UV (ultravioleta) penetram na pele profundamente, podendo desencadear câncer, envelhecimento precoce, e, nos olhos, cataratas e/ou até mesmo cegueira. Então, sabendo desses riscos devemos nos proteger fazendo o uso de produtos com fator de proteção solar UVA e UVB.

Acontece que tudo em excesso é ruim. E assim como se expor demasiadamente a esses raios é prejudicial, se isolar completamente deles também traz impactos negativos à saúde. Vamos entender o porquê?

Importância dos raios ultravioleta

Os raios ultravioleta são fundamentais para estimular a produção de vitamina D (responsável pela produção do cálcio). Além da vitamina D, esses raios são importantes para o fortalecimento do sistema imunológico e para a prevenção de doenças cardíacas.

Agora que sabemos a importância desses raios à nossa saúde é preciso saber o momento certo para se expor à eles. Especialistas recomendam, tomar banho de sol antes das 10 hrs e/ou após as 16 hrs, por cerca de 15 minutos. Para maior absorção da vitamina D no organismo, é ideal que nesse período não sejam utilizados produtos de proteção solar, e o corpo esteja o mais exposto possível.

Vitamina D

A vitamina D é responsável pela preservação do sistema osteomuscular. Onde é fundamental para a absorção intestinal de cálcio, magnésio, fosfato, etc.

Pode ser obtido por meio da síntese cutânea e por alimentos ricos em vitamina D. Apesar de alimentos com grandes concentrações de vitamina D, a melhor forma de se obter essa vitamina é pela síntese cutânea, como exposição ao sol, por exemplo.

Mas, consumir alimentos como leite, ovos, sardinha, salmão, fígado, queijos e frutos do mar, pode auxiliar na absorção dessa vitamina.

É importante sempre consultar um profissional da área da saúde, para fazer exames aprofundados. Somente assim você saberá se seu corpo está com necessidade dessa vitamina.

Vale também ressaltar que o uso de produtos com fator de proteção solar é indispensável quando não se está recebendo a dose diária de vitamina D.

Falando nisso, já recebeu sua dose necessária de vitamina D hoje?

Beijos e fique com Deus ♥♥

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Como lidar com o cansaço?

Oii, tudo bem com vocês?

Graças a Deus comigo vai tudo bem. Inclusive agradeço você que adquiriu um exemplar do meu livro. E aqueles que ainda não adquiriram, não perca tempo! O livro está incrível, tanto o físico quanto o e-book. Nele falo como lidar com o processo de espera e o que fazer enquanto se espera. Essa espera é abrangente: pode ser à espera de um emprego, cura, sonho ou relacionamento. Aproveito para te convidar a assistir a Live de lançamento, que será no dia 02/04 às 19:00hrs (horário de Brasília) no perfil do Instagram da Editora Ases da Literatura. Clique neste link para adquirir um exemplar do meu livro: Enquanto espero, vou…

Bom, hoje gostaria de falar um pouco sobre cansaço. Você já se sentiu cansado? É óbvio que sim né? Afinal somos feitos de carne e osso, por mais fortes que sejamos, uma hora nosso corpo “acende” um sinal vermelho indicando que é hora de parar e descansar.

O cansaço pode vir de diversas formas: físico, que é o mais comum. Quando trabalhamos o dia todo, por exemplo, no final do dia ficamos bem cansados.

Mental, que como o nome já diz é quando forçamos muito a mente, ou até sofremos alguma pressão psicológica.

Emocional, é quando ficamos desinteressados por algo, irritados e desanimados.

Ou seja, é possível sentir- se cansado em várias áreas da nossa vida. O cansaço vem de remoer mágoas do passado, de se cobrar demais, de esconder os sentimentos, de se autossabotar, de querer agradar todo mundo, de não impor limites, de se sentir culpado e ter excesso de trabalho.

No livro Enquanto espero, vou… Falo um pouco de quão difícil e desafiador é esperar por algo. Isso querendo ou não gera um cansaço.

Como saber que estou cansada (o)?

Os sinais mais comuns são dores de cabeça, insônia, estresse, dores no corpo, falta de concentração, entre outros. Então se seu corpo vem dando esses sinais, fique atento para não entrar em estado de esgotamento físico.

Então, o que fazer para descansar? Sendo que vivemos na agitação do dia a dia: emprego, casa, faculdade…

Vale ressaltar que descansar nem sempre é ficar sem fazer nada. Não sei se você já teve a experiência de ficar sem fazer nada e continuar cansado. Isso pode acontecer, porque às vezes o cansaço não é físico e sim mental ou emocional.

Então experimente descansar a sua mente, corpo e alma.

Seguem algumas dicas de como lidar com o cansaço.

Se desconecte. Como é difícil se desconectar da internet, não é? Mas ficar alguns dias off das mídias pode ser muito bom. Você finalmente terá tempo para outras atividades, como por exemplo exercícios físicos, meditação e fazer uma leitura.

• Organize suas tarefas. Organizar as tarefas é fundamental para ter uma mente tranquila e descansada. Então estabeleça prioridades e trabalhe com calma.

• Converse. Como é bom conversar. Se tem algo que amo fazer quando estou cansada é colocar para fora aquilo que está me causando estresse e desconforto físico e/ou mental. Acredito que desabafar é ótimo. Você pode procurar um psicólogo para ter essa conversa, ou um amigo (a) de confiança. O bom da conversa é que durante ela, é possível sorrir e chorar. Tudo isso trará um alívio incrível.

• Invista em você. Ah, como é bom tirar um tempo só nosso. Esse tempo poder em um spa, em uma praça ou no sofá de casa lendo um belo livro. Cuidar de você é fundamental. Não se anule. Não permita que a correria do dia a dia ofusque seu brilho.

• Cuide do seu espiritual. Há dias que investimos em tantas coisas e esquecemos de ter um tempo com nosso Criador. Converse com Deus. Faça um devocional. Alimente seu espírito com coisas boas, se alimente com a Palavra de Deus.

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve”. Mateus 11. 28-30

Não esqueça de compartilhar com os amigos, me seguir no Instagram e adquirir meu livro: Enquanto espero, vou…

Beijinhos e fiquem com Deus ♥♥♥

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Diabetes – como controlar a glicemia

Olá, tudo bem?

Vamos falar um pouco sobre a diabete? Apesar de ser uma doença conhecida, assim como a hipertensão, muitas pessoas não sabem o que fazer quando são diagnosticadas com a diabete.

Falo isso pois tenho familiares que são diabéticos, e muitas vezes ao serem diagnosticados a dúvida foi: “O que eu devo fazer? O que posso e o que não posso consumir?”.

Pensando nisso e baseada em algumas experiências familiares, venho ajudar tirar algumas dúvidas a respeito dessa doença.

Antes de tudo, vamos entender o que é diabete?

A Diabete Mellitus como pode ser conhecida, ocorre quando há uma anomalia na produção de insulina, hormônio que é produzido pelo pâncreas e é fundamental para a produção de energia. Ou seja, a insulina permite a entrada da glicose nas células para o funcionamento do organismo.

Um paciente com diabetes, não possui insulina suficiente para permitir a entrada do açúcar nas células –  gerando um aumento de glicose na corrente sanguínea. Trata-se de uma doença silenciosa, que se não tratada pode ocasionar problemas maiores de saúde.

Existem vários tipos de diabetes:

Pré-diabetes: ainda não é a diabetes, é apenas uma elevação no índice de glicose no sangue. Entretanto, já é um alerta para maiores cuidados.

Tipo 1: comum em crianças, adolescentes e jovens, a diabete tipo 1 é quando o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina. Os sintomas mais comuns são fome, cansaço, sede excessiva.

Tipo 2: o pâncreas pode até produzir insulina, no entanto o corpo não absorve. Os sintomas são: formigamento nas mãos e pés, cansaço, vontade de urinar, sede, má cicatrização. Mais comum nos adultos e em pessoas com histórico familiar de diabetes, porém crianças e jovens também podem ser diagnosticados.

Diabetes gestacional: pode acontecer durante a gravidez, onde o índice glicêmico da mãe é elevado. Apesar de temporário, pode trazer riscos durante a gestão e na hora do parto.

Como tratar?

Para o controle da diabetes, além do acompanhamento médico regular e o uso correto da medicação, praticar exercícios físicos e ter alguns cuidados com a alimentação é fundamental. Confira os alimentos que são permitidos e os que devem ser evitados.

Pães, cereais, raízes. Por serem fontes de energia, devem ser consumidos diariamente. Sendo assim, consuma os alimentos integrais, e prefira preparações cozidas.
Evite: pão doce, biscoito recheado e as misturas de arroz, farinha de mandioca, macarrão e batata na mesma refeição. 
Doces Quando sentir vontade é permitido consumir um pequeno pedaço, principalmente as opções diet.
Evite: comer os doces com grandes quantidades de açúcar. 
Frutas Consumir três porções de fruta diariamente (1 unidade ou 1 fatia pequena em diferentes horários).
Evite: geleias, frutas passas, cristalizadas ou em calda. 
Verdura e legumes Folhas, legumes com cascas e talos.
Evite: refogados com óleo. 
Feijões São ricos em fibras, podendo ser consumidos diariamente.
Evite: o preparo com bacon, linguiça. 
Carne e ovos Carnes magras (vaca, frango, peixe) cozidas ou assadas. Consumir 2 ovos por semana, no máximo.
Evite: carnes gordas, com couro ou pele. 
Leites e derivados Iogurte e leite desnatado.
Evite: creme de leite, leite condensado e queijos gordurosos. 
Bebida Beber muita água durante o dia.
Evite: refrigerante, sucos artificiais e bebidas durante a refeição. 
GordurasUtilizar pequenas quantidades de azeites ou óleo de milho, girassol ou canola para cozinhar.
Evite: enlatados, manteiga, margarina, maioneses e banha.
AdoçantesAdoçantes artificiais.
Evitar: açúcares.
Obs.Não ficar muito tempo sem se alimentar.
Tabela feita com base nas orientações médicas.

Lembre-se: cada paciente possui uma patologia. Sendo assim, consulte um médico especialista para um tratamento adequado.

Se você conhece alguém que é diabético, não deixe de compartilhar essas informações.

Fique com Deus.

5 dicas para diminuir poros dilatados

Olá, tudo bem com você?

Hoje trouxe dicas de cuidado para pele com poros dilatados. Sabe quando a pele fica com furinhos, com um aspecto de casca de laranja? Pois bem, são poros dilatados. Geralmente os poros costumam dilatar na área da testa, nariz e queixo, o que pode incomodar muitas pessoas, principalmente as mulheres que usam maquiagem.

Além de não promover uma boa aparência no rosto, os poros dilatados acumulam sujeira e células mortas, podendo facilitar o aparecimento de cravos e espinhas.

Sendo assim, o indicado é consultar um dermatologista para obter maiores informações e manter uma rotina de cuidados diários. Confira as seguintes dicas para diminuir os poros dilatados:

• Limpeza diária

Todos os dias a pele precisa ser limpa com água fria e sabonete específico para o seu tipo de pele. A lavagem deve ser feita com movimentos circulares dando atenção para todas as áreas do rosto.

Essa limpeza precisa ser feita no máximo duas vezes ao dia. Se exceder essa quantidade a pele pode aumentar a produção de sebo, ficando ainda mais oleosa.

 • Hidratação diária

Após a limpeza, é importante hidratar a pele com um creme que atenda as necessidades da sua pele. Se você tem uma pele sensível, use um creme que não irá causar irritação (por isso a importância de consultar um dermatologista); caso tenha uma pele oleosa, opte por produtos não comedogênicos (excelentes para quem possui acnes e espinhas) e oil free.

• Esfoliação

Por mais que você mantenha uma rotina de limpeza diária, muitas vezes não é possível remover as células mortas. Esfoliar a pele uma vez na semana ajuda na remoção dessas células e também de cravos e sujeiras.

É importante esfoliar a pele cuidadosamente. Hoje o mercado de cosméticos está cheio de produtos próprios para esfoliação. Mas caso queira fazer uma esfoliação caseira é possível utilizando:

1 colher (sopa) de mel e 2 colheres (sopa) de açúcar;

Massageie suavemente, fazendo movimentos circulares por 1 minuto e enxágue.

Além disso, você pode utilizar máscara de argila verde que é excelente para limpar os poros e remover a oleosidade.

• Boa alimentação

Para uma pele saudável é preciso também ter hábitos de vida saudável. Então, evitar alimentos gordurosos que favorecem o aparecimento de cravos e espinhas é fundamental.

Consuma alimentos ricos em vitamina C como limão, laranja; inclua em sua alimentação alimentos que possuem ação antinflamatória como gengibre e alho, e beba bastante água.

• Use um primer

Essa dica é para as mulheres. Além dos cuidados acima, ao se maquiar, antes de aplicar a base aplique um primer. Ele irá ajudar a fechar os poros, diminuindo a aparência de “casca de laranja” e evitará que resíduos de produtos fiquem dentro dos poros.

Obs. Retirar a maquiagem antes de dormir e fazer sua rotina de limpeza diária é fundamental.

Essas foram as dicas de hoje. Se você sofre com poros dilatados ou conhece alguém que tem esses furinhos na pele, não se esqueça de aproveitar as dicas e compartilhar.

Beijos e fiquem com Deus.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Cuidando do nosso interior

Você está disposto á gastar seu tempo com algo bom ou incrível?

A vida passa tão rápido, as coisas são tão passageiras que o que realmente importa, são os momentos vividos com qualidade e com as pessoas que amamos.

Amo falar sobre autoestima. Afinal, como é bom se olhar no espelho e se amar, se sentir bem com o que está sendo refletido. Acontece que focamos tanto no exterior, não é?!

Ás vezes, passamos horas se arrumando, preocupados com o que vamos vestir, lembramos de arrumar os cabelos, fazer um corte legal, mudar a cor – e esquecemos de cuidar do nosso interior.

Deixamos de se atentar com o interior pelo simples fato de que o exterior é o que as pessoas a nossa volta estão vendo, então a vontade de passar uma boa imagem acaba sendo maior, levando então a camuflagem do seu eu interior.

Acontece, que quando nossa alma está sofrendo, as pessoas próximas de nós também sentem.

Nesse período de tamanha dor mundial, pude notar a ausência do amor; pessoas sem o mínimo de empatia com o próximo.

Então, passamos a imagem de pessoas amáveis, mas quando alguém pede nossa ajuda não o tratamos com amor.

Não os julgo, afinal, cada um reage de uma forma. Cada um luta uma luta; essa (luta) que muitas vezes não pode ser vencida. Então, a única forma de reação é atingir o próximo com palavras ou ações que machucam.

Em Lucas 6.45 diz:

“O homem bom tira coisas boas do bom tesouro que está em seu coração, e o homem mau tira coisas más do mal que está em seu coração, porque a sua boca fala do que está cheio o coração.

Mas, como cuidar do nosso coração? Como cuidar do nosso interior? Como tirar coisas boas do bom tesouro que está em nosso coração?

Saiba que assim como é possível cuidar da nossa beleza externa, também é possível cuidar da interna.

A primeira coisa é reconhecer que precisa de um cuidado, e pedir para o Senhor purificar o seu coração e te dar graça para enfrentar os momentos mais difíceis, com calma e muita paciência.

Depois, é ver o que está impedindo o seu acesso a esse bom tesouro. Como assim?

São as dificuldades? As preocupações? A ansiedade? O que está fazendo você se tornar uma pessoa triste, amarga e sem esperança?

Saiba que independente do motivo há sempre uma solução.

Após ter identificado a causa, é hora de procurar uma solução. A solução para o problema pode ser encontrado em Cristo, ou na ajuda de um terapeuta. Muitas vezes, estamos com conflitos internos, crises de ansiedade, e tudo bem procurar uma ajuda médica. Eles estão disponíveis para isso.

Por fim, agora que você conseguiu solucionar o “problema”, e alcançar o bom tesouro presente em seu coração, chegou a hora de colocar em prática. Afinal, a boca fala do que o coração está cheio.

É hora de levar alegria aos corações angustiados, de levar paz aos corações aflitos, de enaltecer a beleza daquela pessoa que não se sente bela.

É hora de se colocar no lugar do próximo, de sentir a dor daquela pessoa tão dorida, e dividir o seu tesouro com ela.

Comecei o texto com a seguinte pergunta:

“Você está disposto á gastar seu tempo com algo bom ou incrível?”

Essa frase me fez refletir muito; pois podemos fazer muitas coisas por nós mesmos – fazer muitas coisas boas. Mas o que realmente fica gravado na memória daqueles que nos cercam, são as coisas incríveis que fazemos.

Não precisa de muito! Basta uma palavra amiga, um gesto amável, um ombro amigo, uma mão para ajudar a levantar – enfim, basta sentir a dor do próximo e se compadecer.

Lembre-se: autoestima vai muito além de cuidados externos; ela abrange o nosso interior.

Compartilhe com um amigo e não se esqueça de seguir o blog.

Fiquem com Deus.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Descansando a mente

Olá mocinhas e mocinhos, como vocês estão?

Espero que muito bem!

Semana passada, não consegui escrever para vocês, pois estava com muitas coisas para conciliar e tudo isso me deixou bem cansada e sem inspiração.

Então decidi fazer uma coisa de cada vez e aproveitei para tirar um tempo de descanso (dentro do possível), o que me fez muito bem.

E é justamente isso que vou compartilhar com vocês: a importância de tirar um momento para descansar o nosso cérebro.

Com a vida que levamos de total agitação do dia-a-dia, muitas vezes fica difícil de ter um momento “relax”. Focamos tanto no que temos de fazer, no que não conseguimos fazer, nos sonhos, nos planos, nos problemas – enfim, que por mais que estejamos sem fazer “nada” por uns minutos, é como se estivéssemos a todo vapor.

Isso acontece porque não somos máquinas auto programadas, que conseguem trabalhar 24 horas por dia, 7 vezes na semana.

Somos “movidos” por um cérebro que exerce diferentes funções em suas redes, e precisa de um período de descanso para processar melhor as informações obtidas durante o dia. Quando o cérebro não recebe o descanso merecido, ele simplesmente começa reagir de forma indesejada. Como por exemplo, as dores de cabeça aparecem, enxaqueca, fadiga, exaustão, estresse, ansiedade, baixa produtividade – tudo aquilo que nos deixa sem animo para nada.

Não sei se vocês já sentiram um cansaço mental. Por mais que você tenha “descansado”, você continua com uma sensação de enfado. De vez enquanto me sinto assim, e por mais que eu tente fazer minhas atividades, não consigo. São nessas horas que sinto a necessidade de parar e descansar.

Pode parecer bobo, mas qualquer coisa, por mais simples que seja pode causar um cansaço mental. Quando você fica pensando muito no futuro, ou no passado, quando você se depara com uma situação difícil de resolver, quando teve um dia de tensão – tudo isso pode levar ao cansaço não só físico como mental.  

Mas o que fazer para amenizar esse cansaço?

Costumo fazer isso quando preciso descansar não só meu corpo, mas a minha mente.

  • Priorizo as atividades: quando estou com muita coisa para fazer, estabeleço a prioridade. Sou um pouco “agitada” para resolver as coisas, não gosto de deixar para amanhã o que posso resolver hoje. Porém, nem sempre isso é possível; então quando vejo que aquela atividade irá exigir muito de mim, decido fazê-la em um momento que eu estiver mais tranquila.
  • Durmo mais: Se tem uma coisa que o nosso corpo ama, é uma boa noite de sono. Dormir bem garante mais disposição e energia para encarar um novo dia.
  • Faço algo prazeroso: esses dias que estava descansando um pouco, consegui ler dois livros incríveis que além de promoverem um descanso mental, acrescentaram muito conhecimento a minha vida. Então não se esqueça de tirar um tempo para fazer aquilo que gosta; pode ser ler um livro, fazer uma viagem, tirar um final de semana para sair com quem você gosta – isso faz muito bem a você e ao seu corpo.
  • Boa alimentação: se alimentar é necessário, mas ter uma boa alimentação é essencial. Por mais corrido que seja seu dia, evite comer alimentos gordurosos, ricos em açúcar. Só irá piorar o seu estresse, pois depois você estará doente ou acima do peso. Faça uma alimentação saudável e equilibrada. Mas é óbvio que vale de vez enquanto um doce saudável, como por exemplo, um chocolate amargo. Afinal, você também merece.
  • Desabafo: se você está com estresse no trabalho ou em outra situação, procure um amigo e desabafe. Conte o que aconteceu, como você está se sentindo. Conversar faz muito bem. Mas procure uma pessoa boa de conselhos e que esteja pronta para ouvir. Sempre que estou com cansaço mental, desabafo com minha irmã. E por mais simples que seja me sinto mais leve, “descansada” e pronta para mais um desafio.

É normal se sentir cansado ás vezes, temos uma vida tão corrida. Mas é de suma importância tira um momento para descansar o seu corpo e a sua mente.

Espero que vocês tenham gostado e vou pedir para você que ainda não segue o blog, começar a seguir. É simples, basta adicionar o seu endereço de e-mail e depois confirmar a inscrição na sua conta. Assim você será notificado toda vez que eu escrever para você.

Ahh, não se esqueça de compartilhar com pelo menos um amigo; ele pode está precisando ler esse post.

Beijinhos e fiquem com Deus.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Como manter o hábito de vida saudável

Olá mocinhas e mocinhos, como vocês estão? Espero que tudo bem!

Ano passado compartilhei com vocês um pouco da minha reeducação alimentar no café da manhã

Estou muito feliz pois consegui chegar ao peso que tanto desejava (55kg). Mas, como manter esse hábito de vida saudável? Afinal, teve as festas de fim de ano e como manter o foco?

Bom, ao mesmo tempo que pode parecer difícil é fácil. É difícil pois você precisa ter muito foco para resistir àquelas comidas deliciosas; mas é fácil pois se você já aderiu a uma reeducação alimentar, todo seu organismo já se acostumou com o novo estilo de vida.

Dei o exemplo das festas de fim de ano, mas isso serve para o ano todo. É importante ter em mente, que a comida jamais é ou deve ser nossa inimiga. Costumo dizer que não há problema algum em comer um doce ou um carboidrato, desde que você fique atento na quantidade ingerida e na frequência em que come.

Para manter uma vida saudável adotei os seguintes passos:

Alimentação equilibrada

A alimentação é essencial para o bom funcionamento do nosso corpo. Mas não basta apenas comer, é preciso ter uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes. Hoje as frutas, legumes e verduras fazem parte da minha alimentação. Vale lembrar que comer no horário certo é fundamental.

Beber água

Além de manter o nosso corpo hidratado, beber água garante o bom funcionamento dos órgãos.

Detox

Chás ou sucos detox auxiliam na eliminação de substâncias ruins presentes em nosso corpo. Então costumo tomar um chá detox pelo menos uma vez na semana.

Atividades físicas

A prática de atividades físicas tem sido ótimo para manter o meu foco. Além de ajudar na perda de peso, me sinto mais leve e disposta.

Dormir bem

Uma boa noite de sono me garante um dia cheio de disposição. Então, tirar um momento de descanso é essencial.

Essas foram as maneiras que encontrei para manter uma vida mais leve e saudável. Mas vale ressaltar, que cada organismo funciona de uma forma. Por isso a importância de se conhecer e procurar um nutricionista para te auxiliar.

Torno a dizer, que não deixei de comer o que gosto (doces, por exemplo); mas consumo de forma equilibrada, afinal açúcar é energia e nosso corpo precisa.

Manter um hábito de vida saudável vai muito além de um corpo bonito e em forma; garante mais disposição e longevidade de vida.

Fiquem com Deus

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Alimentos com ação detox

Mocinhas e mocinhos, tudo bom com vocês?

E damos início a mais um mês, o mês de dezembro. Confesso que gosto muito de dezembro; acho que por vir com ele o natal, uma festa que gosto muito. Hahaha

Falando em festas de fim de ano, geralmente é um período em que exageramos na alimentação; consumimos alimentos que sobrecarregam o organismo como carnes, embutidos, alimentos ultraprocessados, refrigerantes, laticínios, açúcares, etc.

O resultado disso tudo é o desconforto abdominal, corpo inchado e indisposição.

A solução para esse problema, é apostar bastante na hidratação e consumir alimentos antioxidantes, anti-inflamatórios e diuréticos.

Confira alguns desses alimentos.

Gengibre
O gengibre é um excelente anti-inflamatório e antioxidante. Além disso, ajuda na perda de peso, acelera o metabolismo, protege o estômago contra úlceras, previne câncer de cólon-retal e previne náuseas e vômitos.
Ele pode ser utilizado como chá ou acrescentado (2 cm) no suco verde.

Abacaxi
O abacaxi é rico em vitamina C, antioxidantes e pode agir como um anti-inflamatório. Ele também ajuda na perda de peso, melhora a saúde da pele e cabelos, diminui as dores musculares e reduz o risco de trombose.

Melão
Uma fruta de baixas calorias e que possui ação diurética. Além de ser rico em vitamina A e flavonóides (antioxidante que previne o envelhecimento precoce e doenças cardíacas), ele ajuda no emagrecimento e na hidratação da pele.

Vegetais verdes escuros
Os vegetais verdes escuros são ricos em antioxidantes e em Metil Sulfanil Metano (suplemento de enxofre que alivia as dores e tem ação anti-inflamatória e detoxificante).
Então você pode apostar nos vegetais verdes como a couve, brócolis, acelga, agrião e rúcula.

Chás
Tenho os chás como aliados para todas as horas. Agora não é diferente; você pode optar pelo chá de melissa, boldo, hortelã, cavalinha, camomila e carqueja. São chás diuréticos e que ajudam a proteger o fígado.
Procure tomar 1 litro durante o dia.

Sugestões de sucos e chás detox

Suco verde de couve, limão e gengibre

•1 folha de couve
•Suco de ½ limão
•2 cm de gengibre
•1 maçã vermelha sem casca
•150 ml de água de coco

Como fazer
Bata todos os ingredientes no liquidificador. Coar e beber em seguida sem açúcar.

Suco de abacaxi, gengibre e couve

•100 ml de água gelada
•1 fatia de abacaxi
•2 cm de gengibre
•1 folha de couve
•5 folhinhas de hortelã

Como fazer
Bata todos os ingredientes no liquidificador. Coar e beber em seguida sem açúcar.

Chá de hibisco e cavalinha

•500 ml de água
•1 colher (sopa) de cavalinha
•1 colher (sopa) de hibisco
•1 canela em pau

Como fazer
Coloque a água para ferver; ao levantar fervura, desligue o fogo e adicione os demais ingredientes. Deixe descansar tampado por aproximadamente 5 minutos. Prontinho, agora é só coar e tomar de preferência sem açúcar.

Dicas:
• Evite consumir alimentos industrializados, cheios de açúcares e corantes.
• Beba bastante água.
• Quando for tomar o suco ou chá detox, procure fazer durante todo o dia uma alimentação mais leve e saudável.
• De preferência, tome os sucos e chás detox em jejum.

Compartilhem com os amigos.
Beijinhos ♥

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

6 alimentos que controlam a ansiedade

Você é uma pessoa ansiosa? A ansiedade já é considerada o mal do século. Muitas pessoas sofrem com esse sentimento que causa mal-estar, preocupação pelo futuro, medo, tremores, angústias, alterações no sono, insegurança, apetite desregulado e muito mais.

Existem diversas formas de tratar esse mal; o mais indicado é procurar um profissional, como por exemplo um psicoterapeuta, para está avaliando qual o melhor tratamento para você.

É possível controlar a ansiedade também praticando atividades físicas, evitando o estresse diário, controlando a respiração, tirando um tempo para cuidar de você, e claro, fazendo uso de uma boa alimentação.

A comida pode ser uma ótima aliada nessas horas. Alimentos com aminoácidos e vitaminas essenciais, ajudam a diminuir o estresse, a ansiedade e aumentar o nível de serotonina, hormônio responsável pelo relaxamento e bem-estar. Mas é preciso cuidado, pois comer muito e fora de hora também são creditados a ansiedade.

Pensando nisso, trouxe alguns alimentos que ajudam no combate a ansiedade.

Chocolate
O chocolate melhora o humor e reduz a ansiedade, já que é rico em flavonoides, um antioxidante que contribui na produção de serotonina (responsável pela sensação de bem-estar). Mas opte pelo chocolate meio amargo.

Banana
A banana é rica em triptofano, um aminoácido que é precursor da serotonina. Além disso, combate os sintomas da depressão e da ansiedade.

Frutas cítricas
Frutas cítricas como laranja e limão, são ricas em vitamina C. A vitamina C, diminui a secreção de cortisol (hormônio liberado em resposta ao estresse e ansiedade), melhorando o sistema nervoso e trazendo a sensação de bem-estar.

Leite e ovos
Fontes de aminoácidos e triptofano, esses alimentos aumentam a produção de serotonina (hormônio do bem-estar). Comer ovos, leites e derivados, pode diminuir os sintomas da ansiedade.

Carboidratos
Consumir carboidratos como cereais integrais e frutas doces, pode ajudar no controle da ansiedade, pois o açúcar promove disposição e energia. Então comer pão, frutas, arroz, mel e massas ajuda controlar a ansiedade.

Chás
Os chás são ótimos para acalmar, já que as substâncias presentes podem causar um efeito “sedativo”. Tomar um chá de camomila ou melissa é uma boa opção quando o assunto é ansiedade.

É importante enfatizar, que dependendo do grau de ansiedade que você sofre, a melhor alternativa é procurar um profissional da área da saúde para se tratar.

Beijinhos

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Alimentos ricos em colágeno

Oii mocinhas e mocinhos…

Vocês sabem o que é colágeno? Acredito que sim! Haha

É bem comum ouvirmos falar sobre ele, principalmente quando o assunto é ter uma pele mais firme.
Mas o que é o colágeno?

O colágeno é uma proteína que o nosso corpo produz naturalmente; ele está presente nas cartilagens, na composição da pele e em células de outros tecidos. Além de dar firmeza a pele, dá sustentação para aquelas partes do nosso corpo que não tem a sustentação do osso, por exemplo: orelhas e nariz; previne celulite, fortalece o cabelo e as unhas e diminui o aparecimento de estrias.

Acontece que com o passar dos anos a produção dessa proteína diminui, é quando as rugas aparecem, a pele fica mais flácida e é possível perceber também as unhas e cabelos mais fracos.

A falta de colágeno pode resultar em impactos negativos a saúde. As cartilagens das articulações, por exemplo, são as que mais podem sofrer com a ausência da proteína, podendo causar osteoartrite (doença que atinge as articulações e ossos do corpo).

A partir dos 30 anos, é recomendado fazer a reposição de colágeno. É possível repor através de suplementos em pó e/ou cápsulas; para isso, é preciso consultar um profissional, para indicar a quantidade necessária a ser ingerida.

Mas, também é possível consumir alimentos ricos em colágeno. E olha só, separei 5 alimentos que podem auxiliar na reposição desta proteína. Confira:

• Frutas e legumes vermelhos
Alimentos com essa coloração possuem licopeno e vitamina C, além de serem antioxidantes, auxiliam na produção de colágeno. Então consuma morango, cereja, maçã, tomate, beterraba.

• Frutas cítricas
Frutas como laranja, limão, por exemplo, são ricas em vitamina C, além de ajudar a regenerar nossa pele, é uma das vitaminas responsáveis pelo colágeno no nosso corpo.

• Carnes brancas e vermelhas
As carnes são ricas em proteínas, e auxiliam o nosso corpo a produzir e absorver o colágeno. O mocotó e o músculo bovino, por exemplo, são uma fonte rica de colágeno.

• Gelatina
A gelatina é ótima para repor essa proteína, pois ela possui colágeno em sua composição. Além disso, possui poucas calorias.

• Aveia
A aveia é rica em cobre (que ajuda na produção de colágeno) e antioxidante que previne o envelhecimento precoce.

Existem muitos outros alimentos que auxiliam na reposição dessa proteína, como abacate, cenoura, soja (produz um hormônio que pode acelerar a produção de colágeno), alho e cebola (possuem enxofre que estimula a produção de colágeno), e água que hidrata a pele melhorando a elasticidade e eliminando as toxinas que impedem a produção de colágeno.

Beijinhos ♥

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.