Você tem medo?

Pode parecer estranho, mas o medo é importante, pois é um alerta natural e involuntário que recebemos, indicando que algo pode dar errado ou pode ser perigoso.

Mas até que ponto o medo é benéfico?

O medo é bom apenas para impedir de colocarmos a nossa vida em risco. Por exemplo, se fossemos altamente corajosos, escalaríamos torres de energia e nos equilibraríamos nos cabos de alta tensão.

O final disso nem preciso falar, não é?! Então por isso o medo é interessante, ele nos impede de cometer loucuras.

Agora, a partir do momento em que ele administra nossa vida é altamente perigoso. Tudo bem você sentir um medinho; eu tenho muito medo de besouros e baratas, muito mesmo. Mas eu não deixo de curtir a natureza por saber que posso me deparar com besouros polinizadores, por exemplo. Hahaha.

Não precisa fingir que ele não existe, mas ter coragem de enfrentá-lo é indispensável.
Você já deu uma pausa nos seus sonhos por causa desse sentimento?

Isso é bem comum! E então fazemos aquela pergunta: E se…? E se não der certo? E se as pessoas não gostarem? E se eu não conseguir? E se…?

Esses dias estava refletindo sobre isso. Deixamos de dar um ponta pé inicial nos nossos planos por sentir medo. Medo do que não existe! Medo da opinião alheia! Medo de dar errado! Medo de tentar! Medo de não agradar! Medo de… viver! Sim, medo de viver!

Tem um filme que amo muito, posso dizer que é um dos meus favoritos, Cartas para Julieta; um filme inspirado na famosa obra de William Shakespeare. Entre tantas partes do filme que me encanta, um trecho que foi escrito na carta de Sophie para Claire me chama a atenção e me leva a profunda reflexão:


” “E” e “Se” são duas palavras tão inofensivas quanto qualquer palavra, mas coloque-as juntas lado a lado, e elas tem o poder de assombra-lá pelo resto da sua vida. “E se”.. E se? E se?” “

É hora de deixarmos de lado os medos e os ” e se “, e começarmos a encarar o que nos bloqueia, o que impede a nossa felicidade.

Você vai esperar quanto tempo para viver intensamente o que te faz sorrir? Não tenha medo de arriscar, de tentar, de mudar, de conhecer o novo, de sonhar, de amar, de viver e de ser feliz.

Então, não espere os anos se passarem para você viver o que sempre sonhou.
Viva! Viva sem medo! Viva seus sonhos! Viva hoje!

Espero que tenham gostado e refletido sobre a importência de deixarmos de lado o medo e seguirmos em direção do que nos faz bem e feliz. Não deixe de compartilhar com os amigos, você pode ajudar uma pessoa que sofre com esse sentimento.

Não se esqueça de seguir o blog e me seguir nas redes socias.

Beijinhos e fiquem com Deus ♥♥

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.