Oi mocinhas e mocinhos, tudo bem com vocês?
No autoestima de hoje, venho falar sobre mudanças. Pode parecer simples, mas nem sempre é fácil mudar. Mudar exige renúncia, esforço, ousadia, foco… Resumindo, exige sair da zona de conforto. Por isso é tão difícil.

Mas se formos analisar, estamos em constante mudança. Quer ver só? Nosso corpo muda, nossa mentalidade muda, me atrevo a dizer que as coisas não mudam, nós que mudamos sempre.

Acontece que mudar de forma “involuntária”, como os exemplos a cima é “fácil”, afinal você nem percebe, os impactos não são tão visíveis; agora quando o assunto é tomar uma atitude que irá definir toda a sua jornada, a mudança aparece de forma tenebrosa.

Isso porque surge o medo; medo de dar o primeiro passo para mudança e não conseguir se adaptar a ela. É como se o nosso cérebro estivesse programado para fazer sempre a mesma função, e de repente tivesse que se reprogramar para o novo; então ele emite um sinal (medo) indicando que essa mudança vai gerar muito trabalho, muito esforço, e que talvez nem dê bons resultados.

Sempre falo do medo, pois acredito que ele seja responsável por muitas coisas, inclusive o conformismo.

Mas é hora de sair da zona de conforto e ir se aventurar no novo, no “incerto”. Nada nessa vida é estável. Você querendo ou não a mudança virá.

Só que quando você muda de forma consciente é melhor, é prazeroso, pois haja o que houver você já estava ciente que algo de bom ou ruim poderia acontecer. Não espere mudar por “acidente”.

A mudança é tão necessária; ela nos leva a realizar sonhos, nos permite viver a vida sem olhar para trás, e nos torna inteligentes e fortes.

É importante ressaltar, que a mudança precisa partir de você. Mude por você, e consequentemente as pessoas a sua volta serão incentivadas a mudar também.

Lembre-se que para uma lagarta virar borboleta, ela passa por uma metamorfose. Então, saia do conformismo; lagarta que tem medo de sair do casulo não vira borboleta e nunca poderá voar.

Não se apegue ao passado, não se atemorize com o futuro, mas viva conscientemente o presente. A vida é feita de mudanças; viva, crie asas e voe alto.

Não se esqueçam de compartilhar com os amigos e de me seguir nas redes sociais.

Beijinhos ♥

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

5 comentários sobre “Se não virar borboleta nunca vai poder voar!

Olá mocinha (o) deixe seu comentário!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.